Perguntas Frequentes

Diretório de Grupos de Pesquisa O que é o Diretório de Grupos de Pesquisa no Brasil?

É uma base de dados que contém informações sobre os grupos de pesquisa em atividade no país. O Diretório mantém uma base corrente, cujas informações são atualizadas continuamente pelos líderes de grupos e o CNPq realiza censos bi-anuais.

  O que é necessário para que um grupo de pesquisa seja certificado?

Currículos dos participantes atualizados na Plataforma Lattes; grupos devem ter pelo menos duas pessoas; recomendável que os grupos possuam 2 (dois) líderes, sendo necessário que o líder principal seja doutor e professor efetivo da instituição; aconselhável que os grupos de pesquisa não tenham mais de 10 (dez) pesquisadores, incluindo os colaboradores externos à instituição e deve ter ao menos um estudante de graduação; recomendável incluir alunos de pós e técnicos; os membros devem indicar na atuação profissional o vínculo com a UFSC, o período e a pesquisa em desenvolvimento.

  Como criar um grupo de pesquisa?

O líder deve enviar um e-mail com nome completo e CPF para gp.propesq@contato.ufsc.br solicitando que seja cadastrado como líder de grupo junto ao CNPq. Quando receber a confirmação da Propesq, o líder deve acessar o Diretório de Grupos de Pesquisa, inserindo login e senha (o mesmo da Plataforma Lattes), selecionar a opção “Líder” na parte superior da página, clicar em ‘criar novo grupo’ e preencher o formulário com todas as informações que já tiver disponível, com base nas orientações acima (é possível salvá-lo e terminá-lo posteriormente). Depois, clicar em Enviar ao CNPq (o grupo somente é enviado para certificação pela instituição quando o líder clica em ‘enviar ao CNPq’).

Formulários de Pesquisa – NOTES e Sigpex Qual a plataforma de registro de projetos de pesquisa desenvolvidos na UFSC?

Os projetos de pesquisa são registrados no SIGPEX (Sistema Integrado de Gerenciamento de Projetos de Pesquisa e de Extensão).

  O NOTES ainda permite registro de projetos de pesquisa?

O Formulário de Pesquisa do NOTES está fechado para registro de novos projetos. Seu uso, entretanto, continua regular para alterações (com prazo máximo de 3 anos), visualização, impressão dos projetos nele cadastrados, já que não houve migração dos projetos registrados no NOTES para o novo sistema.

  Como acessar os sistemas?

O Sigpex é acessado pelo IdUFSC.

O Notes é uma senha única para cada departamento.

  Onde encontro mais informações sobre o Sigpex?

O Sigpex conta um FAQ próprio.

Portal de Oportunidades de Pesquisa Como posso acompanhar as oportunidades de pesquisa publicadas pela Propesq?

Assine nosso boletim do Portal de Oportunidades ou acesse diariamente o site.

Coordenadora do Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica – PIICT O que é PIICT?

É um programa para a concessão de bolsas de Iniciação Científica (IC), em convênio com o CNPq, no âmbito dos Programas Institucionais de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC/CNPq), de Iniciação Científica nas Ações Afirmativas (PIBIC-Af/CNPq) e Iniciação à Pesquisa Institucional (BIPI/UFSC), subvencionado pela UFSC; e de bolsas de Iniciação Tecnológica (IT), também em convênio com o CNPq, no âmbito do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Tecnológica e de Inovação (PIBITI/CNPq) e a sua contrapartida subvencionada pela UFSC. É também um programa para formalização de cadastro de estudantes de Iniciação Científica voluntários.

  Qual a plataforma de controle e acompanhamento do PIICT?

Formulário IC Online.

  O que regula o PIICT?

Os editais específicos anuais, encontrados aqui.

  Qual a plataforma para cadastro no Programa IC Voluntário?

Programa Bolsista Voluntário IC Online (utilizar janela “anônima” ou “privativa” ou, ainda, um navegador sem as credenciais do Formulário IC Online cadastradas).

  É possível a substituição de bolsista sem a indicação imediata de um substituto?

Não. Neste caso deve-se utilizar a opção de cancelamento. A substituição precisa necessariamente da indicação de um novo bolsista.

  A substituição do bolsista Na Plataforma Carlos Chagas do CNPq é automática quando feita pelo orientador no Formulário IC Online?

Não. Ela precisa ser realizada pela Propesq.

  Quantas substituições de bolsistas são permitidas em um mesmo ciclo?

Apenas UMA, entre os dias 20 e o último dia do mês anterior ao início das atividades do novo aluno. O novo bolsista passará a integrar o programa no mês subsequente ao da solicitação de substituição, dando continuidade ao projeto do bolsista substituído. O Relatório Parcial das atividades desenvolvidas pelo bolsista substituído deve ser apresentado em até 30 dias após a data da substituição/cancelamento

  Como proceder em relação a meses em que o bolsista recebeu bolsa mas não executou as atividades previstas?

O aluno deve devolver os valores recebidos indevidamente para a UFSC, se ele for bolsista BIPI, ou para o CNPQ, caso ele seja bolsista PIBIC.

  Existe renovação de bolsa de um ciclo para o seguinte?

Não. A cada ano o procedimento é reiniciado. É preciso fazer o pedido novamente durante o período de inscrição.

  Há um limite de permanência com bolsa PIBIC?

Não, não existe limite mínimo nem máximo de permanência como bolsista. As únicas condições exigidas são que o aluno esteja cursando a graduação e seja indicado pelo professor orientador. Além de respeitar o que preconiza o Edital lançado a cada ano.

  É permitido afastamento do orientador durante a vigência da bolsa?

O orientador não poderá se afastar por período superior a dois meses consecutivos. E em nenhuma circunstância um orientador poderá repassar a outro(a) orientador(a) a orientação de seu(s) bolsista(s). Em caso de impedimento do(a) orientador(a), o que inclui afastamento para formação ou por interesses particulares, a(s) bolsa(s) retorna(m) à Coordenadoria PIICT da UFSC (Propesq);

  Quantas bolsas do programa pode ter um pesquisador?

No máximo 2 (duas) de IC e 1 (uma) de IT.

  É possível um mesmo projeto contemplar alunos com bolsa e voluntários?

Sim.

  Onde é possível emitir certificados de participação no PIICT?

Em Certificados, por meio do CPF de bolsistas e orientadores (são gerados certificados diferentes). Declarações de períodos não finalizados devem ser solicitadas por e-mail para PIICT.

  Como um bolsista pode alterar os dados bancários?

Os dados devem ser enviados para PIICT e, se a fonte pagadora for o CNPq, o próprio bolsista deve atualizar na Plataforma Carlos Chagas.

  Que tipos de bolsas/auxílios podem ser acumulados com as bolsas do PIICT?

Acúmulo somente é permitido com a bolsa estudantil (auxílio financeiro fornecido pela UFSC – PRAE.). Também não é considerado acúmulo a manutenção simultânea de bolsa IC com bolsas concedidas por Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) ou pelo Ministério da Educação (MEC), quando estas possuírem objetivos assistenciais, de manutenção ou de permanência, finalidades distintas de iniciação científica.

  Como um bolsista pode solicitar a saída do projeto?

É necessário solicitar ao orientador que execute o procedimento adequado no Formulário IC Online.

Projetos de Infraestrutura de Pesquisa (CT-INFRA) 1) Como solicitar a compra de um equipamento?

A solicitação de compra dos equipamentos deve ser enviada pelo Coordenador do Subprojeto junto à FINEP para o e-mail dp.propesq@contato.ufsc.br, com as seguintes informações e documentos:

·         Orçamento/Proforma
– 1 (um) orçamento, quando se tratar de fornecedor exclusivo.
– 3 (três) orçamentos, quando não se tratar de fornecedor exclusivo.

·         Justificativa Técnica

·         Descrição da linha de pesquisa em que será utilizado o equipamento

·         Justificativa de que é fornecedor exclusivo, quando for o caso.

·         Carta de Exclusividade do Fornecedor (se houver)

·         Formulário para aquisição de equipamentos importados (documento exigido pela FAPEU: Formulário de Importação)

·         Informar local exato para entrega do equipamento e contato do responsável pelo recebimento,

·         Informar se existe alguma necessidade de adaptação no espaço físico para instalação e se a adaptação está sendo providenciada.

·         Informar se é necessário que o fornecedor realize instalação do equipamento

·         Informar se é necessário que o fornecedor realize treinamento para utilização do equipamento.

 

  2) Quais equipamentos podem ser comprados?

Apenas os equipamentos com previsão no projeto aprovado com a FINEP.

 

  3) Quem compra os equipamentos?

A Fundação de Apoio à Pesquisa e Extenção Universitária – FAPEU.

De acordo com o Convênio é responsabilidade da FAPEU contratar obras, compras, serviços e alienações com os recursos oriundos da FINEP, de acordo com o estabelecido na legislação federal pertinente.

 

  4) Quem autoriza a FAPEU comprar equipamentos do CT-INFRA?

O Superintendente de Projetos da Pró-Reitoria de Pesquisa.

 

  5) Posso solicitar a compra de equipamentos diretamente para a FAPEU?

Não. A solicitação de compra de equipamentos deverá ser feita junto a PROPESQ/UFSC. Compete a PROPESQ analisar a documentação e os saldos disponíveis e solicitar a FAPEU que compre o equipamento.

 

  6) O que devo fazer para comprar um equipamento com descrição, quantidade ou valor diferentes do que está especificado no plano de trabalho?

Caso seja necessário incluir e/ou excluir equipamentos do plano de trabalho, alterar a quantidade e/ou valores dos equipamentos, o coordenador do subprojeto deverá fazer a solicitação para o e-mail dp.propesq@contato.ufsc.br,  justificando a necessidade da alteração e destacando a finalidade do equipamento e a importância deste para o subprojeto/pesquisa.