PROPESQ
EMail

A Pró-Reitoria de Pesquisa (PROPESQ) é um órgão executivo central, integrante da Administração Superior da Universidade Federal de Santa Catarina, criada com o objetivo de auxiliar o Reitor em suas tarefas executivas na área da pesquisa, de inovação, de propriedade intelectual, de empreendedorismo e de incubação de empresas.

É dirigida por um Pró-Reitor e por um Pró-Reitor Adjunto nomeados pelo Reitor, com nomeação homologada pelo Conselho Universitário. Nas faltas e impedimentos do primeiro, a Pró-Reitoria é exercida pelo segundo, e na ausência simultânea de ambos, esta é exercida, na sequência, pelo Diretor do Departamento de Projetos, pelo Diretor do Departamento de Inovação Tecnológica e Social e pelo Diretor do Departamento de Fomento e Apoio a Projetos.

A Pró-Reitoria de Pesquisa busca contribuir para a concretização e o fortalecimento do papel social da UFSC nas áreas de pesquisa e inovação tecnológica por meio de políticas institucionais, do desenvolvimento e manutenção de sistemas de informação sobre projetos e atividades relacionados a essas áreas com divulgação dos resultados das pesquisas realizadas no âmbito da Universidade.

A pesquisa na UFSC é desenvolvida por servidores docentes e, em alguns casos, técnico-administrativos, nos departamentos ou órgãos suplementares de sua origem. Os alunos de graduação são fortemente estimulados a tomar parte nas atividades de pesquisa por meio da disponibilização de bolsas de iniciação científica. A formação dos pós-graduandos pressupõe a realização de um trabalho de pesquisa orientado por docente doutor cadastrado num programa de pós- graduação.

A gestão da pesquisa e da extensão se dá de forma muito semelhante e basicamente consiste da administração de projetos e bolsas. A PROPESQ oferece um enxoval para início das atividades de pesquisa do docente doutor na UFSC por meio do Edital FUNPESQUISA, aberto uma vez por ano.

É também função da PROPESQ a proteção e o licenciamento da propriedade intelectual da UFSC por meio do Departamento de Inovação Tecnológica, que também auxilia os pesquisadores na elaboração de contratos e convênios com empresas que apoiam pesquisas ou participam de colaborações com a UFSC.

 

ATRIBUIÇÕES

Compete à Pró-Reitoria de Pesquisa:

  1. Cumprir e fazer cumprir a legislação de pesquisa na Câmara de Pesquisa, nos Centros, nos Departamentos e nos Órgãos Suplementares;
  2. Promover e apoiar as políticas institucionais relacionadas às atividades de pesquisa;
  3. Coordenar a execução das ações inerentes à política de pesquisa da Universidade, definidas pelo Conselho Universitário, zelando pelo cumprimento das normas pertinentes.
  4. Emitir pareceres, portarias e outros atos administrativos que se façam necessários à consecução das atividades de sua área de atuação;
  5. Promover e apoiar atividades de fomento e apoio à pesquisa;
  6. Propor à autoridade competente a formalização de convênios a serem celebrados com outros organismos, quando relacionados à sua área de atuação, procedendo ao seu acompanhamento;
  7. Incentivar o desenvolvimento das atividades de pesquisa através de programas específicos ou da administração de programas externos;
  8. Estimular, autorizar e supervisionar a execução de projetos de pesquisa científica e tecnológica, zelando pela sua regularidade e compatibilidade com o interesse público;
  9. Estimular, autorizar e supervisionar a execução de projetos de administração de ciências e se transferência de tecnologia, zelando pela sua regularidade e compatibilidade com o interesse público;
  10. Coordenar ações para a busca de recursos em projetos institucionais de pesquisa, inclusive no que tange à CT-INFRA, multiusuários, incubadoras, renúncia fiscal e descentralização de recursos;
  11. Promover, coordenar e aperfeiçoar programas que fomente pesquisas institucionais na Universidade;
  12. Promover e apoiar o desenvolvimento de pesquisas individuais e coletivas, departamentais, interdepartamentais e interinstitucionais;
  13. Acompanhar as negociações e emitir pareceres com relação a licenciamento ou realização de acordos, convênios ou contratos com terceiros, visando à exploração das tecnologias geradas na UFSC;
  14. Exercer e fazer cumprir as disposições das resoluções da UFSC relativas à propriedade intelectual;
  15. Emitir pareceres sobre a celebração de contratos e/ou convênio de pesquisa e desenvolvimento, no que se refere às cláusulas de propriedade intelectual no âmbito da UFSC, sempre que a instituição estiver direta ou indiretamente envolvida;
  16. Junto aos entes e órgãos nacionais e estrangeiros competentes, elaborar pedidos relacionados à propriedade intelectual e acompanhar a sua tramitação, se necessário com apoio profissional especializado;
  17. Assinar contratos e termos de outorga referentes a projetos de pesquisa;
  18. Convocar e presidir as reuniões da Câmara de Pesquisa;
  19. Coordenar projetos de pesquisa institucionais;
  20. Planejar, coordenar e avaliar os planos de atividades da área de pesquisa;
  21. Propor, coordenar e executar políticas públicas no âmbito do Departamento de Inovação Tecnológica e Social referentes às atividades artísticas, científicas e tecnológicas desenvolvidas e/ou criadas no âmbito da UFSC;
  22. Coordenar o Comitê de Inovação da UFSC;
  23. Propor e gerir o intercâmbio com outras entidades, visando ao desenvolvimento da pesquisa;
  24. Contribuir para a concretização e o fortalecimento do papel social da UFSC na área de pesquisa;
  25. Participar de órgãos colegiados, comissões e comitês referentes ao fomento científico e tecnológico;
  26. Supervisionar, acompanhar e avaliar os programas institucionais PIBIC, PIBITI (CNPq)/BIP (UFSC), Jovens Talentos (CAPES) e demais afeitos à sua área de atuação, inclusive designando os respectivos comitês de seleção;
  27. Supervisionar e acompanhar a gestão de programas de Iniciação Científica Júnior, Iniciação Científica Mérito Universitário e demais programas correlatos, na sua área de atuação;
  28. Supervisionar a coleta, a organização e a publicação dos dados da produção científica e técnica dos docentes e pesquisadores da UFSC;
  29. Supervisionar a organização do sistema de registro, informação e divulgação de projetos de pesquisa da UFSC;
  30. Supervisionar e coordenar as atividades dos Comitês Internos de Seleção e Avaliação dos programas de pesquisa;
  31. Assessorar os docentes e pesquisadores da UFSC junto ao IBAMA/CGEN, no encaminhamento de pedidos de autorização vinculados às atividades de pesquisa;
  32. Executar outras atividades inerentes à área ou que venham a ser delegadas pelo reitor.

 

MISSÃO

Contribuir para a concretização e o fortalecimento do papel social da UFSC nas áreas de pesquisa e inovação tecnológica por meio de políticas institucionais, do desenvolvimento e manutenção de sistemas de informação sobre projetos e atividades relacionados a essas áreas com divulgação dos resultados das pesquisas e extensões realizadas no âmbito da Universidade.

 

VISÃO

Propiciar a concretização de projetos de pesquisa de ponta e de ações que viabilizem o desenvolvimento sustentável de uma sociedade cidadã.

 

ESTRUTURA

A Pró-Reitoria de Pesquisa compreende a seguinte estrutura organizacional:
I. Câmara de Pesquisa
II. Pró-Reitor
III. Pró-Reitor Adjunto
IV. Coordenadoria Administrativa e Financeira
V. Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA)
VI. Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos (CEPSH)
VII. Comissão Interna de Biossegurança (CIBio)

1. Divisão de Apoio Administrativo aos Comitês de Ética e de Biossegurança

IX. Departamento de Projetos de Pesquisa (DPP)

  • Direção do Departamento
  • Coordenadoria de Fomento e Apoio à Pesquisa (CFAP)
  • Coordenadoria de Projetos Institucionais
  • Coordenadoria do Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica
  • Laboratório Central de Microscopia Eletrônica (LCME)
  • Laboratório Central de Biologia Molecular Estrutural (CEBIME)
  • Laboratório Interdisciplinar para o desenvolvimento de Nanoestrutura (LINDEN)

X. Departamento de Inovação Tecnológica e Social (DITS)

  • Direção do Departamento
  • Serviço de Expediente
  • Coordenadoria de Transferência de Tecnologia
  • Coordenadoria de Gestão de Processos
Facebook Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*